R & P Finanças Pessoais

O que não devemos comprar no supermercado e lojas?

Sabemos que um dos melhores sentimentos que o ser humano pode ter é o poder de compra, porém essa compra tem que ser feita com consciência e sabedoria.

Hoje, vamos conversar sobre o desejo que nos leva a comprar e como trabalhar esse comportamento.  Deste modo, apontamos também alguns itens que você não deve comprar.

 

 

Roupas

  1. Nunca compre uma roupa com um número diferente do seu, mesmo que esteja em promoção. Na maioria das vezes, essa roupa nunca será usada, caso você não emagreça para caber na peça;
  2. Ainda nessa linha, nunca compre roupas sem ter um evento para ir. O evento pode não aparecer e você ficar com a roupa guardada esperando anos e esse momento não chega;
  3. Não compre peças que sejam difícil de fazer combinações com outras peças que você já tem no armário. Esse tipo de roupa a impede de usá-la mais vezes. Em tempos de redes sociais, que cada evento é um clique, você provavelmente não ficará à vontade em repetir o modelito nas fotos. Mas se você não tiver nenhum problema com isso, vá em frente. Há modelos que são clássicos e vale sim repetir. O segredo é manter o equilíbrio entre peças coringa, as que vão bem com tudo, e as peças únicas, as que por si só se bastam e você dá um show;
  4. Evite comprar produto em lançamento;

Nossos produtos

Sapatos

 

  1. Não compre um sapato com um número diferente do seu, pois assim como as roupas, o sapato vai te trazer desconforto, pode deformar o seu pé, além de calos e feridas e a chance de você usar ele novamente será mínima;
  2. Não compre varias sandálias em promoção, lembre-se que você já tem sandálias em casa. Respire fundo e reflita se é realmente necessário mais 1 para a sua coleção;

Supermercado

 

  1. Não compre latas amassadas;
  2. Não compre produto fora da validade ou muito próximo de vencer, mesmo que esteja com um preço fantástico de promoção. Caso você não o consuma logo, ao invés de você economizar, você perdeu dinheiro;
  3. Não compre frutas amassadas e nem legumes queimados, pois provavelmente eles já perdem boa parte do seu valor nutritivo;
  4. Não comprar um produto em grande quantidade só para economizar, pois a chance de você não consumir esse produto no prazo é muito grande. Vamos dar exemplo: você morar sozinha e nota que a saca de laranja está pela metade do preço. Mesmo que você goste muito de laranja, você não vai conseguir consumir a saca antes que elas estraguem. O que você pode fazer para diminuir as perdas é repartir a saca com amigos, parentes e vizinhos;

Uma dica final é:

Não vá com fome ao supermercado e sem lista. A chance de você ser levado pelo encantamento do marketing no supermercado e comprar produtos que não está precisando será muito grande.Um fato a se levantar é que você pode comprar vários produtos desnecessários e o pior não comprar o que você estava precisando.

Outras publicações

divida-com-banco

Dívidas com bancos? Entenda o que é Restrição Interna

Em momentos de crise estamos sujeitos a desenvolver dívidas caso o planejamento financeiro não esteja de acordo com as necessidades e muitas vezes quem encontra-se nessa situação desconhece algumas consequências…
como não pagar anuidade do cartão de crédito2

Como não pagar anuidade do cartão de crédito

Você sabia que é possível ter um cartão de crédito sem pagar anuidade? Pois bem, é possível ter um cartão de crédito sem anuidade, isso não é novidade, mas infelizmente…
6 dicas de como usar o cartão de crédito3

6 Dicas de como usar o cartão de crédito

Que o cartão de credito é um beneficio que facilita a nossas vidas, isso não há dúvida, principalmente pelo momento que o pais vêm atravessando com tanta violência, o que…
Qual tema você tem curiosidade?Vote aqui para nos ajudar a escrever mais textos para você!

Deixe seu comentário, sua participação é essencial para que possamos escrever conteúdo de acordo com sua necessidade.

Obrigada por ter lido nosso post até o fim

Por Rosielle Pegado

Visite:

Biblioteca
Cursos
Planilhas, Ebooks e cursos
Serviços
Contato

Deixe uma resposta