FGC SAIBA COMO FUNCIONA

É comum receber reações como “investir é muito arriscado” ou “não há garantias, vou perder dinheiro!” ao falar sobre investimentos com pessoas que não possuem conhecimento sobre essa área.

Se você está pensando em começar a investir, mas possui esse medo, aprender sobre FGC irá facilitar esse processo importante para sua vida financeira e passar mais segurança. Aqui você entenderá o funcionamento desse fundo e como ele trabalha a seu favor em certos investimentos.

Todo investimento segue sempre a regra do risco x retorno.

  1. O que é

A sigla FGC significa Fundo Garantidor de Crédito, gerido por uma associação civil sem fins lucrativos, que visa a proteção de crédito privado sem nenhuma interferência pública, contando com profissionais preparados para prevenir emergências em todo sistema bancário e financeiro, visando auxiliar e promover um funcionamento fluido e harmonioso de todo o sistema, segundo dados de seu site oficial.

  • Objetivo

O objetivo da associação é proteger depositantes e investidores no âmbito do sistema financeiro nacional até os limites estabelecidos pela regulamentação, para que possam fazer suas aplicações sem medo de perda do capital,  além de contribuir para estabilidade e manutenção do sistema financeiro nacional, evitar uma crise bancária generalizada e contribuir para a confiança das pessoas, trabalhando pelos seguintes valores: interesse público, excelência, integridade, respeito e orgulho.

  • Proteção

A proteção fornecida por esse fundo é válida para a maioria dos ativos de renda fixa, ou seja, investimentos mais conservadores onde é possível obter uma previsibilidade de retorno. Sua proteção total significa a cobertura de até R$ 250.000 por CPF (no caso de pessoa física) e por instituição financeira, o que torna a aplicação em mais de uma instituição o melhor método.

Em caso de problemas na aplicação por conta do emissor do título o  FGC abre um processo para garantir todo o capital dos investidores e rentabilidade gerada até o fechamento do banco, protegendo seus investidores contra fatores como falência do banco emissor do título ou não pagamento das aplicações.

Alguns investimentos com cobertura do FGC são: CDB, emitido somente por bancos, servindo como uma versão mais rentável da poupança, letra de câmbio emitido por financeiras para captar dinheiro para suas atividades, assim como LCIs e LCAs.

Apesar de não contar com essa proteção outro investimento com grande segurança é o tesouro direto. Em caso de conta conjunta a cobertura segue a mesma, ou seja, R$ 125.000 para cada um e não há proteção para contas empresariais apenas pessoas físicas.

  • Prazo

O prazo de pagamento caso necessite utilizá-lo é de no máximo seis meses, mas em caso de instituições liquidadas pode ocorrer em três meses. E você pode estar pensando, o que ocorreria se todos os bancos quebrassem juntos?

Contando com quase R$ 60 bilhões em garantia para o mercado uma crise generalizada pode ultrapassar sua capacidade pagadora, mas ele é totalmente capaz de cobrir a quebra de bancos isoladamente.

  • cobertura

O FGC tem uma cobertura que vai além dos investimentos pois serve como garantia no sistema econômico privado geral, cuidando de depósitos à vista ou parcelado mediante aviso prévio, depósitos de poupança, depósitos a prazo, com ou sem emissão de certificado (CDB/RDB), letras hipotecárias, letras de crédito imobiliário e etc.

Existem várias instituições associadas ao fundo, que contribuem mensalmente para sua manutenção através de uma porcentagem sobre os saldos das contas relacionadas ao que ele protege.

São elas: Caixa econômica federal, bancos múltiplos, bancos comerciais, bancos de desenvolvimento, financiamento e investimento, dentre outros.

Para participar eles necessitam receber depósitos a vista, em conta poupança ou depósito a prazo, realizar e aceitar letras de câmbio, captar recursos através de letras hipotecárias, crédito imobiliário, crédito ou agronegócio,

Após entender um pouco melhor como esse fundo pode auxiliar você em seus investimentos estude as possibilidades e escolha as modalidades que mais combinem com seu planejamento financeiro e objetivo, diversifique os investimentos para não ter problemas e assim garanta sua segurança para investir com comodidade.

Aproveite para traçar metas e acompanhar o investimento feito, tendo assim uma visão de longo prazo.

Salve esse texto para consultar depois!

Ficou com dúvida ? Será um prazer te responder nos comentários.

Deixe uma resposta