Vale a pena ter um CNPJ

Umas das maiores preocupações de ter um CNPJ são os excesso de burocracia, por falta de conhecimento sobre o assunto. Muitas pessoas não saber de como é fácil e vantajoso se abrir um, é claro como tudo na vida tem seus pros e seus contra; mas vou descrever a baixo para que você entenda melhor a importância de ter um CNPJ.

Se você já pensou em se tornar um empreendedor e foi um pouco mais a fundo sobre como, de fato, abrir um CNPJ e tudo mais, você provavelmente já deve ter se deparado com a possibilidade de se tornar um Microempreendedor individual (MEI) ou Microempresa (ME). Eu sempre digo que o MEI é a porta de entrada para o mundo do empreendedorismo. Bom vou dar alguns motivos para você ter um CNPJ, para quem deseja regularizar o trabalho que faz de forma independente.

 

A partir do momento que você se torna uma pessoa jurídica o governo enxerga você com o potencial maior de geração de receita, isso podemos ver na pratica quando a empresa gerar receita para ela, funcionários, diversos sócios e investidores, isso varia com o ramo de negócio que estará atuando, coisa que não acontecer com a pessoas física já que a mesmo gerar uma demanda menor de receita e as vezes nem isso. Sem o CNPJ, a pessoa física ficara a margem de todas as oportunidade que o mercado oferecer, não terá ferramentas que facilita na geração de receita como emissão de notas fiscais, linhas de credito e etc. É muito mais vantajosa as tributação para pessoa jurídica a que pessoa física, pois o imposto de renda se torna menor para quem é jurídico a físico.

E veja: ter um CNPJ é algo interessante pro empreendedor ao se torna pessoa jurídica, nós conseguimos vários facilitadores, como por exemplo nos relacionamento com outras pessoas jurídicas, conta bancaria com linhas de credito menores, parceria, inclusive àquela famosa isenção de IR (IMPOSTO DE RENDA) para quem tem uma receita bruta anual menor que R$81 mil reais. Entretanto nas outras categoria como SIMPLES NACIONAL terá uma tributação menor que se você for pessoa física. Porém não pode se esquecer de manter seu seguro social em dias; ou seja, realizar o pagamento de suas DAS. Lembrando que só terá isenção no Imposto de Renda se você for pessoa jurídica categoria MEI você não precisa pagar  Imposto de Renda, apesar da declaração ainda ser obrigatória, só ressaltando que a partir que você se torna pessoa jurídica terá que fazer 2 declarações, e não somente uma. Ou seja, além de termos que fazer uma declaração como Pessoa Jurídica, também temos que fazer uma de Pessoa Física. Exemplo você fara a declaração pelo DASN, Declaração Anual Simplificada do MEI e também do IRPF normal.

Nossos produtos

Pois é se você trabalha prestando serviços para outras empresas dificilmente elas vão fechar negócio sem esta condição, porque tendo o      CNPJ poderá emitir notas ficais e estará atuando de forma correta quando o assunto são responsabilidades fiscal e contábil. Ter um CNPJ é meio caminho andado para resolver essa situação como exemplo fazer empréstimo para investir em seu negócio, conseguir menores preços com o fornecedor. Mas ser independente não é o mesma coisa de ser informal, se a ideia é levar o trabalho de forma seria torna se regular é essencial e também um compromisso que você faz com seus clientes e fornecedores no caso de você oferecer produtos (exemplo cosmético, peças de automóvel).

Ele te dar alguns benéficos no INSS bastante importante como auxilio doença, maternidade e aposentadoria, também tem acesso a condições especiais na hora de comprar produtos ou serviços, existe inclusive a possibilidade de contratação de plano de saúde para você se proteger dos imprevistos.

 

Considerando todos esses benefícios esta mais do que na hora de você ter um CNPJ, isso é claro se deseja atuar de forma profissional, conseguir melhores clientes, cobrar preços mais juntos e construir seu capital. E eu duvido que alguém queira ao contrário. Além dessas informações eu recomendo também buscar o auxílio especializado de um contador (a), o profissional contábil poderá lhe ajudar muito em sua decisão a menos que você tenha total domínio sobre o assunto.

A possibilidade de ter um CNPJ é uma grande conquista. Pois a oportunidade de crescer, realizar negócios realmente expressivos com grandes empresas – que exigem a emissão da nota fiscal para a contratação de um serviço ou compra de produtos.

Se você também deseja fazer seu negócio crescer e ser um profissional de valor, já sabe o que fazer! 

Tenho certeza de que com as informações desse texto você já está pronto para abrir o seu CNPJ! Espero que tenha ajudado, deixo um grande abraço! Boa sorte em sua jornada empreendedora! até aproxima como muito mais informações para você!!!

Sou Lucielle Pegado, Contadora formada pela Faculdade Mauricio de Nassau; pós graduada em MBA de Gestão Financeira, Auditoria e Controladoria pela Instituição Grupo Estratego Ltda./ INEX Instituto Nacional de Educação e Extensão. Sou mãe de um adolescente e adoro passar meu tempo com ele. Minha vocação é ensinar ao empreendo a como gerir melhor seus negócios. 

Contatos:

DIGCONTCONSULTORIA & GESTÃO

Lucielle Pegado

Contadora

E-mail: digcontsg@gmail.com

(91) 98281-0883, (91) 98200-3681 whatsApp.                                   

Qual tema você tem curiosidade?Vote aqui para nos ajudar a escrever mais textos para você!
dolar não é investimento

Dolar não é investimento

Em tempos de crise torna-se comum o desejo das pessoas por investimentos em moedas estrangeiras, principalmente o dólar por sua relevância em comparação a nossa moeda e a poder do…

Deixe seu comentário, sua participação é essencial para que possamos escrever conteúdo de acordo com sua necessidade.

Obrigada por ter lido nosso post até o fim

Visite:

Biblioteca
Cursos
Planilhas, Ebooks e cursos
Serviços
Contato

Deixe uma resposta