Por que casa própria não é investimento?

Ao pensar em sua futura independência, muito por influência de seus familiares, é provável que tenha colocado como prioridade adquirir um imóvel próprio para utilizar como moradia, seja ele casa ou apartamento, mesmo que isso significasse uma dívida de 30 anos e descartando todos os gastos extras que isso acarreta correto?

Aqui você encontrará motivos que desmentem esse mito passado por gerações e mostram que muitas vezes o aluguel pode ser uma opção mais rentável a longo prazo, poupando algumas dívidas que o imóvel próprio pode ocasionar.

Ao comprar um imóvel sem planejamento financeiro, e sem mesmo ter uma reserva de emergência para moradia você ao invés de adquirir um investimento conquista um passivo financeiro, ou seja, algo que não trará lucro, mas sim despesas.

O conceito entre ativo e passivo ficou muito conhecido no livro de Robert Kiosaki, o famoso Pai Rico e Pai Pobre.

Ativos: é tudo aquilo traz mais dinheiro para seu bolso.

Passivos: é tudo aquilo que retira dinheiro do seu bolso, ou seja, são despesas.

Se você comprar uma casa para morar ou um carro para uso pessoal, isso são passivos, pois você tem despesas para manter esses bens. Tais como; IPTU, IPVA, seguro, manutenção tudo isso tira dinheiro do seu bolso. Ativos de verdade são: ações, fundos de investimentos, entre outros, imóveis que geram renda, negócio próprio.

Caso tenha solicitado um financiamento imobiliário, até que o mesmo seja quitado, o imóvel será do banco e não seu. Você terá feito um “aluguel” do dinheiro necessário para adquirir aquele bem e muitos, por falta de planejamento financeiro ou pensando que aquele imóvel não poderia ser tomado, vão a leilão, trazendo ainda mais prejuízo.

Entenda que o imóvel financiado só passa a ser seu quando você paga a última parcela, enquanto isso, o banco é o proprietário do imóvel e essa informação está escrita no registro do imóvel.

Para que esse imóvel proporcione lucro você terá que vendê-lo rapidamente, conseguir realizar essa venda pelo preço valorizado e já estiver planejado o que fazer com o dinheiro adquirido. Efetuar a venda de forma rápida e pelo preço valorizado é algo extremamente difícil uma vez que muitas pessoas aparecem praticamente liquidando seus imóveis por preços abaixo do valor ideal apenas para conseguir algum dinheiro com ele.

O dinheiro gasto na compra de um imóvel, quando investido de forma correta, pode render mais do que o valor do próprio imóvel, seja ele quitado a vista ou parcelado em algumas vezes, ainda com o benefício da liberdade para gastá-lo da maneira que desejar e ainda conseguir custear um local alugado para viver, solucionando os dois pontos questionados nesse texto.

Há outras formas de investir nesse setor, como por exemplo o fundo de investimentos imobiliários, onde você poderá lucrar e investir em pequenas parcelas de imóveis lucrativos. Ao organizar seu planejamento financeiro e reconhecer os gastos envolvidos na compra de um imóvel entenderá que como investimento é uma escolha arriscada, passível de lucro em condições específicas, mas capaz de produzir dívidas, principalmente no caso de financiamento, e comprometer sua renda de forma significativa. Avalie outras formas de investimento e todas as possibilidades antes de adquirir algo.

Meu objetivo com esse texto não é te desestimular na compra da casa própria, e sim chamar a sua atenção para a criação do planejamento financeiro eficiente.

Você precisa analisar várias possibilidades, inclusive entender os processos para a compra de uma casa, seja através de financiamento ou empréstimo, tais como:⠀

– Avaliar a taxa de juros para empréstimo

– Avaliar a taxa de juros do financiamento⠀ ⠀

– Conferir a taxa do Custo Efetivo Total antes de fechar o contrato⠀

– Escolher a opção mais barata ⠀

E MUITO IMPORTANTE: se assegurar que o valor das parcelas não irá ultrapassar um terço da sua renda!!!⠀

Tire essa ideia de que pagar aluguel, é jogar dinheiro fora. Não é porque você está pagando algo que não é seu, que está jogando dinheiro fora. Até porque financiar um imóvel, você também está jogando dinheiro fora com os juros que são aplicados na hora da negociação. Na verdade, a maior parte desse financiamento são juros.

Se você quer ter sucesso financeiro é preciso investir mais em ativos, ao invés de passivos. Um grande erro das pessoas é assim que recebem seu salário e comprar passivos, e são esses passivos que vão levar você para o endividamento.

Pessoas que sabem fazer o dinheiro trabalhar pra elas. A primeira coisa que elas fazem ao receber é separar uma parte do dinheiro e investir em ativos.

Por isso, é muito importante ter uma boa organização financeira, aprender a investir em ativos e fazer o dinheiro trabalhar para você.

Existem oportunidades para pessoas que entendem qual o momento certo para alugar ou comprar um imóvel.

Entenda de uma vez por todas a escolher a melhor forma de investir em ativos e adquirir a casa própria. Com o nosso E-book Comprar ou Alugar? Eis a questão! Nós desconstruímos alguns mitos sobre o aluguel e o financiamento, com isso você pode escolher o que é melhor pra você, lembrando que não existe uma resposta pronta para todo mundo.



Adquira aqui

Deixe uma resposta