Pai Rico, Pai pobre

Pai Rico, Pai Pobre

Passos para mudar sua mentalidade e auxiliar em sua educação financeira

Neste livro os autores apresentam duas visões distintas de mundo, representadas por seus pais pois como o título sugere um deles é rico, e o outro, pobre.

O rico apresenta sua filosofia de negócios enquanto o pobre está preso em sua visão tradicional sobre dinheiro. A obra mostra como é possível, através de informação e disciplina, passar de pai rico para pai pobre.

Um dos pais possui alto nível de instrução enquanto o outro tem apenas o ensino básico mas fugindo a regra o pai rico não é aquele com maior nível de instrução, inclusive este foi o que adquiriu dívidas e fez a família passar por problemas financeiros enquanto aquele com menos instrução foi capaz de conquistar riqueza e proporcionar conforto a sua família.

Através das observações feitas por ambos e resumidas aqui você será capaz de compreender pontos importantes para conquistar sua consolidação financeira,

1- Sistema de educação como um problema

Nosso sistema de educação não oferece aulas sobre finanças, tema fundamental para a vida adulta, deixando as famílias como única fonte de ensino sobre dinheiro, mas muitas vezes não são capazes de ensinar por também não terem conhecimento suficiente sobre o tema, levando seus filhos a simplesmente reproduzir seus comportamentos.

2- Estude por conta própria

Complementando o primeiro ponto o estudo autodidata sobre finanças pode ser uma boa opção para alcançar o enriquecimento e principalmente mudar sua atual realidade.

Através dele, mesmo sem nenhuma base sobre o tema, você gradativamente será capaz de adquirir práticas que levem ao seu objetivo.

3- Invista em sua mente

Os autores mostram que o maior investimento que você poderá fazer é em sua mente, afinal, será através dela que você encontrará motivação, estudará métodos para se planejar financeiramente e desenvolverá os gatilhos mentais necessários para obter pensamentos cada vez mais positivos para alcançar seus objetivos.

4- Diferença entre ativos e passivos

Para equilibrar suas finanças o primeiro ponto é entender a diferença entre ambos para fazer investimentos com sabedoria.

De forma simplificada um ativo é tudo aquilo que coloca dinheiro em seu bolso e passivo é tudo aquilo que não rende, ou seja, tira dinheiro do seu bolso.

Quase tudo pode ser um ativo ou passivo como por exemplo obter uma casa própria ou obter uma casa para alugar.

Ao investir em ativos seu dinheiro será como seu empregado e trabalhará por você, com isso pessoas ricas sempre compram mais ativos assim que ganham dinheiro.

É necessário ter cuidado com a mentalidade pobre que pode te levar a comprar mais passivos como celulares, tv, casa à medida que sua renda aumenta ao invés de investir.

5- Independência financeira

O verdadeiro sinal de que você alcançou a independência financeira é o ponto em que seus ativos te permitem viver de renda, ou seja, apenas de seus rendimentos.

É óbvio que mesmo assim você não deve passar a esbanjar seus ganhos e deixar de procurar novos investimentos, mas já estará com conforto financeiro.

6- Medo de investir

Muitas pessoas dizem ter medo de começar a investir e acabam comprando passivos ou perdendo oportunidades de enriquecer por conta disso. Para ganhar dinheiro é necessário assumir riscos, mas você é capaz de procurar investimentos mais simples, que fornecem pouquíssimos riscos e planejar-se para não obter prejuízos, sempre lembrando de construir uma reserva de emergência.

7- A real importância de ganhar dinheiro

Apesar da maioria de nós focar em ganhar dinheiro, sempre visando novas formas de conquistá-lo, mas na realidade o mais importante é a quantidade de dinheiro que você mantém.

Afinal são várias as tentações quando a ele além dos impostos que sugam uma quantia considerável e muitas pessoas não procuram as formas legais de diminuí-los , algo que pessoas com mentalidade rica fazem, principalmente aquelas que possuem um negócio, sendo assim não são muito afetados por eles uma vez que sabem como funcionam.

8- Alternativas para quem acredita que o salário não é suficiente

Ao considerar que seu salário não é suficiente, segundo o livro, você tem três opções:

  1. reclamar e procurar outro emprego;
  2. se acomodar e aceitar a situação ou;
  3. procurar uma forma de fazer o dinheiro trabalhar para você.

Ele considera que a maioria fica presa entre a primeira ou segunda opção por dois motivos: medo e ambição.

9- Negócio x Profissão

Sua profissão nada mais é do que seu emprego, que oferece renda fixa e tem obrigações diárias em escritório ou fora dele enquanto seu negócio é aquilo que te proporciona renda sem que você esteja trabalhando diretamente nele.

Para obter um negócio não é necessário deixar sua profissão, mas é importante diminuir seus passivos e despesas para proporcionar a compra de ativos e assim criar seu negócio, de preferência voltado para alguma área que você goste e proporcione atividades que tragam prazer e satisfação.

10 – Ativos para adquirir ao longo da vida

São indicados negócios que não exijam sua presença, ou seja, onde você é o dono, mas delega a administração a outras pessoas.

Ações, títulos, fundos mútuos, imóveis que geram renda, promissórias, royalties de propriedade intelectual e por fim tudo que tenha valor, gere renda ou valorize e obtenha um mercado líquido.

Trabalhe arduamente em sua coluna de ativos para desenvolver seus negócios e conquistar estabilidade financeira.

Com esses passos você entendeu a importância de fortalecer a sua mente e se educar financeiramente para obter os resultados que deseja, independente do seu grau de formação pois esse não é o principal fator.

E aí, gostou do resumo do livro Pai Rico e Pai Pobre?

Se você deseja comprar o livro, compre aqui agora.

E para baixar de graça o meu e-book digital, você conhece os 5 sabotadores que te impedem de ter sucesso na sua vida financeira, clique aqui agora.

Deixe uma resposta