DECLARAÇÃO ANUAL DO MEI

Você já fez sua Declaração Anual (DASN)?

A Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN – SIMEI), é uma das obrigações e responsabilidades que o MEI deve apresentar anualmente.

Essa declaração tem como finalidade informar a Receita tudo que você RECEBEU através de seu MEI, seja ele de comércio ou serviços.

Neste texto vamos te orientar sobre alguns pontos da declaração que você deve ficar atento:

  • O primeiro ponto é referente ao prazo: você tem até dia 30.06.2020 para fazer sua declaração; Esse prazo é sempre no dia 31.05, porém em função dos impactos da pandemia da Covid-19,  foi prorrogado para o dia 30 de junho de 2020.
  • E se você abriu um MEI até 31.12.2019, você deve fazer sua declaração;
  • Todo ano o Microempreendedor Individual deve declarar o valor total de todas suas vendas de mercadorias e prestação de serviços sem deduzir nenhuma despesa (faturamento bruto), relativos ao ano anterior.
  • Muitos acreditam que não precisam declarar, pois no ano de 2019 não tiveram ganhos, porém isso não é verdade. Mesmo se você não teve nenhum rendimento através de seu MEI você deve entregar a declaração, apenas informando a Receita que teve R$ 0,00 de recebimentos;
Declaração do MEI – Últimos dias
  •  Se você enviar sua declaração após o dia 30.06, saiba que haverá multa; , no valor mínimo de R$ 50,00 (cinquenta reais), ou de 2% (dois por cento) ao mês-calendário.Caso o pagamento seja feito em até 30 dias, a multa será reduzida em 50%, totalizando R$ 25,00.
  • Caso o MEI não entregue sua declaração anual ele não poderá emitir as contribuições mensais, o DAS.
  • DAS – É um Documento de Arrecadação Simplificada do Microempreendedor Individual, ou seja, é como você, empresário, vai recolher o pagamento mensal do seu INSS com os impostos..
  • Caso não pague o DAS o MEI fica descoberto dos benefícios do INSS, como Auxílio Doença, Auxílio Maternidade e até mesmo prejudica na contagem para a aposentadoria.

Faça aqui sua Declaração Anual para seu CNPJ MEI.

Não deixe para amanhã sua declaração, esse ano o prazo vai até dia 30 de junho, porém quanto antes entregar melhor.

Leia também 3 ERROS COMUNS DO PEQUENO EMPREENDEDOR

 

O segundo ponto que quero comentar é sobre o pagamento do DAS.

O governo federal autorizou a suspensão do pagamento do DAS, para dar um folego para os empreendedores diante do cenário atual.

Porém, devemos atentar para o pagamento durante o mês de março, abril e maio, você não pagará a mensalidade do DAS.

Essas 3 parcelas serão lançadas em outubro, novembro e dezembro. Sendo assim, durante os últimos meses do ano você terá que pagar em cada mês duas parcelas. Por exemplo: no mês de outubro no dia 20.10 você pagará a parcela de mês de março, e no dia 22.10 você vai pagar a parcela do mês corrente, no caso, a de outubro.

E por que estou chamando sua atenção? Para você se planejar e organizar seu orçamento.

Muitos pensam que essas parcelas seriam lançadas para frente, mas não é isso que vai acontecer. Por isso, organize bem o seu orçamento e se prepare para esses pagamentos, e cuidado para não confundir datas dos pagamentos, pois isso, vai gerar juros e multa por atraso.

E se você quer aprender a ter uma boa organização financeira eu criei um guia para te orientar como alcançar a sua liberdade financeiro.

Se quiser saber mais, acesse o link aqui .

Deixe aqui nos comentários, se você já fez sua declaração e claro não esquece de compartilhar com o seu amigo que é empreendedor.

Ainda não entregou sua declaração, não perca mais tempo, faça agora!

Deixe uma resposta