3 ERROS COMUNS DO PEQUENO EMPREENDEDOR

Com o número crescente de demissões e dificuldade de manter certas vagas de emprego por conta do perigo de contágio, além do corte de salários, algumas pessoas têm encontrado no empreendedorismo uma forma de manter-se ativas e conquistar algum lucro para complementar, ou gerar, sua renda.

Ao iniciarmos em algo é normal termos algumas dificuldades, algo ainda mais comum quando o assunto é dinheiro e com a falta dele não podemos contratar especialistas em assuntos específicos para prestar auxílio.

Evite esses erros

Por isso, vamos falar sobre erros comuns que podem fazer sua nova empresa trazer prejuízos ao invés de lucro.

1. Planejamento financeiro:

Um dos erros mais comuns é a falta de planejamento financeiro de sua empresa, o que leva geralmente a criação de uma conta bancária única para pessoa física (você) e pessoa jurídica (sua empresa).

A criação da conta jurídica trará alguns benefícios como emissão de nota fiscal, além da visibilidade de quanto a sua empresa ganha no total.

Quando estamos empreendendo sozinhos é importante definir um salário, que será definido através da dedução de todas as despesas que a empresa tem para manter-se ativa e uma quantia para investimentos de expansão.

O que sobrar do valor total recebido inicialmente poderá ser seu salário, por isso é importante manter duas contas, que podem ser feitas sem cobranças adicionais através de bancos digitais.

Ter um CNPJ também é um ponto importante para fortalecer sua marca e passar confiança ao seu cliente, além de trazer garantias a você.

Para obtê-lo você pode tornar-se um MEI (micro empreendedor individual) algo que tornará seu negócio legítimo e por tarifas baixas, de menos de 100 reais, o que também te dará direitos como aposentadoria.

3 ERROS QUE TODO EMPREENDEDOR DEVE EVITAR 

2. Redes Sociais:

A internet já era meio importante para divulgar seus produtos e conquistar clientes através de sua vitrine digital, mas agora com a impossibilidade de divulgação presencial tornou-se fundamental.

Procure formas criativas de divulgar-se online, oferecendo produtos e serviços necessários no atual momento e que você seja capaz de produzir em sua casa, visando não só o lucro, mas qualidade do produto.

Há diversos perfis que ensinam gratuitamente técnicas de marketing digital que podem auxiliar você a adquirir cada vez mais clientes e assim ter muitas vendas.

Leia também PERSIGA SEUS SONHOS

3. Esperar o melhor momento:

Caso você ainda esteja relutante em empreender por falta de um grande capital lembre-se que pode começar a empreender com pouco, tomando os devidos cuidados para que futuramente não tenha problemas e acabe gerando dívidas ao invés de lucro.

Um negócio para dar certo não exige apenas dinheiro para investimento mas sim planejamento, estudo e qualidade de seu produto.

E se você quer aprender a ter uma boa organização financeira, eu criei um guia para te orientar como alcançar a sua liberdade financeiro.

Salve esse texto para consultar depois!

Ficou com dúvida ? Será um prazer te responder nos comentários.

Deixe uma resposta